31okUauá, município com população estimada em 24 mil habitantes, situado no sertão baiano, terra por onde passaram Antônio, o Conselheiro, e Virgulino Ferreira, o Lampião, terra do bode e do pirilampo, de gente hospitaleira, generosa e alegre, já no início dos anos 80 viu chegar a boa nova do ideal da unidade levado ali por Ir. Trindade (Sacramentina).

Foi nesse recanto da Bahia onde existe hoje uma comunidade muito viva e atuante do Movimento dos Focolares que se realizou em parceria com a Paróquia São João Evangelista o retiro de carnaval entitulado “Misericórdia: porta aberta para a unidade”. De 7 a 9 de fevereiro passaram pelo PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) cerca de 100 pessoas provenientes da sede e de várias comunidades rurais de Uauá, assim como dos municípios de Euclides da Cunha, Canudos, Juazeiro, Caldas do Jorro e Salvador.

O encontro contou com a presença de Pe. José de Arimateia (Pároco de Uauá), Pe. Alberto (Pároco de Canudos) e de Pe. Isael (Vigário da Catedral de Juazeiro), além de membros de outros movimentos e das pastorais universitária e da juventude das paróquias participantes.

Foram dias de muita oração, partilha e reflexão sobre temas como “A casa comum: nossa responsabilidade” (Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016), o Ano Santo da Misericórdia e a Unidade.

Ao final, ficou no coração de todos uma grande gratidão a Deus pelas graças recebidas nos dias percorridos juntos e o compromisso de comunicar a “realidade” experimentada ali a quantos cada um vier a encontrar tornando à sua cidade, à sua casa, a fim de se ver pouco a pouco transformado o mundo pelo amor concreto e pela misericórdia.

49ok 62ok 12OK 35ok 9OK


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)