Mariápolis em São Carlos: um caminho de luz

 

Nos dias 15 a 18 de junho de 2017, a cidade de São Carlos, interior de São Paulo, acolheu a Mariápolis, com a presença de 400 participantes de 45 cidades, entre famílias, jovens, adolescentes, crianças, adultos, religiosas, seminaristas, sacerdotes e pessoas de outras igrejas e convicções religiosas que aderiram ao convite de vivenciar por três dias o carisma da unidade, dos Focolares.

Em um clima de grande escuta, foi apresentado o tema do ano: Jesus Abandonado – Janela de Deus – Janela da Humanidade. Para muitos foi o ponto central da Mariápolis, pois levou a todos a resignificar a dor em suas vidas, descobrindo o amor de Deus mesmo nas situações mais difíceis.

Um mariapolita deixou escrito: “ao identificar-nos com Jesus Abandonado, encontramos N’Ele luz e força para superar as dificuldades…”.

À FAMÍLIA foi dedicado um bloco de 2 horas com experiências que ajudaram muitas pessoas a descobrirem que também nas dificuldades, existe a possibilidade de amar e recomeçar.

Nos programas realizados a parte para crianças e adolescentes eles foram em profundidade no especifico e desafios da idade deles, fazendo crescer o clima de família e de profunda comunhão com todos. As experiências dos jovens foram muito apreciadas dando um forte contributo para a compreensão da realidade de Jesus Abandonado.

Um dom especial foi à presença do novo bispo de São Carlos, Dom Paulo Cesar Costa, que abriu portas e nos acolheu com imenso amor. Exprimindo seu grande apreço pelo Movimento e o seu desejo de ter um focolare, e, de alguma forma, o Instituto Sophia em sua diocese, onde se concentram varias universidades. Celebrou duas missas, participou da parte final do programa, almoçou com alguns de nós! Profundas suas palavras, a sua comunhão centralizadas em Jesus Abandonado. Fazendo-nos experimentar a benevolência e as bênçãos da Igreja e muita alegria!

Era visível o clima que se criou com a a presença de Jesus em meio e das forças renovadas no final da Mariápolis, após três dias de convivência, experiências compartilhadas, nove oficinas com temas diversos e diálogos. Na última noite foi realizada uma grande festa com o Mariapolital- uma noite de apresentações artísticas – que exprimia a alegria de viver com Jesus em meio.

Um caminho de luz, foi o título e a experiência desta Mariápolis, intensificando em todos   a imensa gratidão a Deus por este grandioso Carisma da Unidade.

Estas impressões exprimem aquilo que foi a Mariapolis para cada um de nós:

“… Viver no amor, sim é possível, sem fugir ou negar os momentos de sofrimento. Entregando a Ele o nosso fardo, as escuridões, e poder assim ressuscitar com Ele todos os dias”.

“Eu cheguei aqui como Jesus Abandonado e estou saindo em um caminho de luz”.

“Na minha primeira Mariápolis,… tive a impressão de encontrar aqui tantas “mães”, outras Maria! Pude sentir muito forte a presença de Maria, como um véu que envolvia a todos!”

Regolamento (500)