Projeto “Toda Vida tem Esperança” leva Gen Rosso a cinco cidades brasileiras

 

A Fazenda da Esperança traz mais uma vez ao Brasil o grupo multicultural Gen Rosso, que tem suas raízes no Movimento dos Focolares, para a realização do projeto “Toda Vida tem Esperança”.

Centenas de jovens que se recuperam da dependência química terão a oportunidade de participar de uma programação especial com o Gen Rosso nas cidades de Joinville, Aparecida, Vitória, Maceió e Belém.

Em todas elas, os jovens participarão de momentos de aprofundamento pessoal e espiritual nos primeiros dias. Depois, poderão escolher participar de workshops e oficinas temáticas que envolvem a preparação de um grande evento como cenário, dança, música, divulgação, entre outros. E para culminar a experiência, subirão ao palco, juntamente com o conjunto internacional, para para apresentar com eles o musical “Street Light”.

O projeto tem como objetivo levar aos jovens uma proposta de valorização da vida, da esperança, da cultura da partilha e da fraternidade como ferramentas de transformação. Todas essas propostas presentes na história narrada no musical.

“As pessoas passaram a ser descartáveis e sem valor, fortalecendo assim as campanhas de banalização da vida, a normalidade no abandono de crianças e idosos e o crescimento da cultura do preconceito e discriminação de raça/cor, gênero e classe. A falta de valorização da vida faz com que o Brasil tenha altos índices de violência, que nos últimos cinco anos teve mais mortes que os países em Guerra”, destacou Frei Hans Stapel, fundador da Fazenda da Esperança.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A banda Gen Rosso

O Gen Rosso nasceu em 1966 em Loppiano (Florença), a partir de uma idéia de Chiara Lubich (vencedora do Prêmio Unesco: Educação pela Paz em ‘96) que presenteou a um grupo de rapazes uma bateria vermelha a fim de que pudessem comunicar, através da música, mensagens de paz e fraternidade universal, como contributo para a realização de um mundo mais unido. Ao longo desses 50 anos, o Gen Rosso já fez mais de 2.500 espetáculos, 230 turnês, apresentações em 24 línguas e passou por quase 50 países.

 

O musical Street Light

O musical conta a história verdadeira de Charles Moats, um jovem afro-americano que viveu em um gueto da cidade de Chicago, em 1969. O enredo envolve um grupo de jovens envolvidos pelas realidades desafiadoras de uma comunidade carente e como a música pode difundir valores e transformar essa realidade.

Um fantástico retrato da vida dos anos 60 com um toque atual. O espetáculo conta com expressões de rua, hip-hop nas coreografias e um cross-over musical entre rock e blues, um mix de melodia e rap, tango, música africana, céltica, rock e pop.

Regolamento (500)