Dirigentes do movimento budista Risho Kossei-Kai visitam a Mariápolis Santa Maria

 

No dia 9 de outubro, a Mariápolis Santa Maria recebeu a visita especial de Munehiro, um dos dirigentes do movimento budista japonês Risho Kossei-Kai, acompanhado do reverendo Nakahara, responsável pela Risho Kossei-Kai no Brasil.

Após visitar São Paulo, desejaram ir a Recife visitar o túmulo de Dom Helder Câmara, primeira personalidade a receber o Prêmio Niwano pela paz, e também à Mariápolis Santa Maria.

Na Mariápolis, foram acolhidos com alegria. Viram um vídeo com a história da pequena cidade, conheceram a Escola Santa Maria e sua orquestra de estudantes e também visitaram a Igreja Maria Mãe da Unidade, onde pediram para fazer uma prece típica deles.

O relacionamento de amizade recíproca entre o Movimento dos Focolares e o Movimento Risho Kossei-Kai começou com seus fundadores, Nikkyo Niwano e Chiara Lubich, que não obstante crenças diferentes, sempre entenderam que o mais importante era aquilo que os unia: o desejo de levar a paz e a fraternidade a todo o mundo.

Certa vez, Niwano escreveu a Chiara: “Não obstante existam dificuldades, a nossa colaboração gera a esperança de que seja possível trabalhar todos juntos pela paz”.

Regolamento (500)