Obrigado, Gis!

 

GisCalliariCom profunda gratidão pelo “seu exemplo de fidelidade heróica ao seu desígnio”, Maria Voce, presidente dos Focolares, comunicou a todos os membros do Movimento no mundo o desaparecimento de Gisella Calliari que esta tarde se extinguiu serenamenre, depois de uma longa vida votada à unidade. “Na dor desta grande perda” – diz a presidente – “permaneçamos com ela um só coração e uma só alma”.

Gisella Calliari nasceu em Lavis (Trento, Italia) a 18 de abril de 1920. Conhecida simplesmente por Gis, foi uma das primeiras raparigas que, juntamente com a sua irmã Ginetta, seguiu Chiara Lubich, naquela “aventura da unidade” que marcou os inícios do Movimento dos Focolares e os seus desenvolvimentos no mundo. Era a terceira de três irmãs. Encontrou-se com Chiara em 1944, no pequeno apartamento que albergava o primeiro focolar, na Praça dos Capuchinhos, em Trento. No dia seguinte, já tinha amadurecido a sua escolha de segui-la na mesma estrada. A hostilidade inicial da família acalmou quando a mãe conheceu Igino Giordano (Foco), de quem Gisella se tornou secretária em Roma.

Na sua longa vida, Gis viveu com Chiara pelo menos durante 40 anos. Depois de ter desempenhado funções de responsável de vários focolares na Itália (Trento, Roma, Milão, Florença), foi-lhe confiada a secção das focolarinas. Seguidamente, em conjunto com Oreste Basso, colaborou com a fundadora no acompanhamento dos desenvolvimentos da Obra de Maria no seu todo. No âmbito deste encargo, visitou várias vezes as comunidades no mundo.
A sua vida foi toda ela profundamente ligada ao carisma da unidade, ao qual se manteve fiel até ao fim, com frutos de grande fecundidade espiritual nela mesma e ao seu redor.
Brevemente, em focolare.org, publicaremos um perfil mais desenvolvido de Gis.

Source: Site Internacional

Regolamento (500)