Em apenas seis meses, Dado da Paz já promove mudanças em escolas de assentamentos rurais de Alagoas

 

Há seis meses, duas escolas dos assentamentos Zumbi dos Palmares e Dom Hélder Câmara, em Alagoas, estão experimentando a metodologia do projeto Educação para a Paz.

Baseada na Regra de Ouro universal “Faça aos outros aquilo que gostaria que fosse feito a você”, a metodologia utiliza um dado, de forma lúdica, simples e didática, em que cada face evidencia um valor da paz. A vivência desses valores estimula mudanças pessoas e comunitárias.

Nesse curto espaço de tempo de aplicação do projeto – que tem como nome Projeto Zumbido e coordenação da técnica Cristina de Souza Gameleira – essas mudanças já são visíveis nas duas escolas.

Os resultados incluem diminuição dos casos de bullying, de violência na escola e familiar, além de proporcionar entre todos os agentes da escola, do corpo diretivo e coordenador, aos alunos e pessoal de apoio, um clima de convivência solidária, que se distingue de outras escolas da região.

Membros do Projeto Zumbido

Isso porque o projeto, aplicado nas escolas de ensino fundamental e infantil, tem como público alvo não só os alunos, como também todos os profissionais da escola, tornando, todos juntos, promotores da paz a fim de revigorar o ambiente escolar.

Essa iniciativa incrível foi apresentada pelos membros do Projeto Zumbido no VI Simpósio Educação para a Paz, entre os dias 3, 4 e 5 de agosto, que teve como título: “O Valor da Paz: A Regra de Ouro”, organizado pelo Movimento Humanidade Nova, na Mariápolis Santa Maria, em Pernambuco. O Simpósio reuniu diversas experiências como essa.

Regolamento (500)