Jovens da AFASO concluem curso sobre Direito do Trabalho

 

No mês de junho, os adolescentes da Associação Famílias em Solidariedade – AFASO, obra social do Movimento dos Focolares, receberam o certificado de conclusão do curso “Extensão em Cidadania e Fraternidade: Direitos e Deveres dos trabalhadores”, do qual participaram, no Tribunal Regional do trabalho da 4ª região/ TRT4-RS com a presença de juízes, operadores do direito e familiares.

O curso, coordenado pela prof.ª Drª Luciane Cardoso Barzotto, compreendeu diversos encontros, na sede da Afaso, entre juízes e os jovens, para tratar de assuntos e conceitos sobre direitos e deveres dos trabalhadores.

Com duração de 20 horas, o curso contou com várias aulas e teve a parceria do programa “Trabalho, Justiça e Cidadania” da Amatra IV, do Grupo de Estudos Direito e Fraternidade da UFRGS e do TRT-RS.

No dia da entrega dos certificados, na sede do Tribunal, os jovens puderam visitar os vários setores do órgão, e fizeram uma apresentação artística criada a partir dos conhecimentos que foram assimilados sobre o mundo do Direito do Trabalho.

A apresentação contou com a exibição de cartazes confeccionados pelos adolescentes, um show de dança e a leitura do poema “A profissão do mundo”, de autoria do aluno Douglas Alves, que vocês podem conferir a seguir.

Parabéns aos jovens pela conclusão do curso!

A profissão do mundo

Douglas Alves

Certa vez um velho sábio me disse:
“A melhor profissão do mundo é aquela que você ama fazer”
Será que todo mundo ama sua profissão
ou trabalha o dia todo para poder sobreviver,
ter o que vestir, ter algo pra comer?
Xiii… vai saber!
Só quem viu
já passou mais de mil
ocorrências na polícia contra o trabalho infantil

Esse também é o medo que toda criança já sentiu
Vergonha de dizer que isso não acontece no Brasil
Olhe na minha cara e veja que o orgulho já sumiu
E a esperança já tá por um fio
E sendo assim,
lembro de todos aqueles machucados
só de pensar que ainda existe trabalho escravo
Isso pra mim não é proteção
Ainda bem que já passou
a era da escravidão

Pode ser motorista, mecânico ou arquiteto
No final do mês pega seu salário
orgulhoso de ser honesto e trabalhador
e no final de cada dia
sempre volta a mesma dor

Por favor, só me diga “sim” ou “talvez”
Quem não gostaria de ter um trabalho bom
que pegasse o salário todo final do mês?
E assim ter os seus pertences
Mas para ser um bom trabalhador
tem que ter os seus direitos
e cumprir os seus deveres

Regolamento (500)