Amar nos torna livres

 

Muitas coisas podem me fazer sentir prisioneiro. Porém, existem algumas que me aprisionam mais que tudo: são os meus apegos.
Apego às coisas, aos lugares, às minhas ideias, às pessoas.
Se as coisas forem usadas para servir o outro, se o melhor lugar for aquele aonde me leva o amor ao irmão, se as ideias forem propostas ao invés de impostas e as pessoas forem amadas sem distinção, então eu serei livre.
Hoje quero servir por amor cada pessoa que eu encontrar. Se eu procurar reconhecer a presença de Jesus em cada uma delas, não encontrarei pessoas diferentes, encontrarei semblantes diferentes da mesma pessoa que é o próprio Jesus.
Descobrirei também em mim a sua presença que diz: “Eu não vim para ser servido, mas para servir.” (Cf. Mc 10,45)

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)