Ser mensageiro de alegria

 

A alegria deve ser a primeira coisa que doamos às pessoas. Mas deve ser uma alegria verdadeira e não uma euforia sem sentido que pode até incomodar os outros.
Acolher com alegria e dar na dose certa o que cada pessoa necessita.
Acolher qualquer pessoa, isto é, todos: dar preferência a alguém no trânsito, ser cortês com a pessoa que nos serve em casa, em uma loja comercial ou no serviço público. Ou vice-versa: tratar bem as pessoas a quem servimos.
Para que isso não seja apenas uma formalidade ou algo superficial, a nossa alegria deve brotar da vida, deve ser fruto do amor ao próximo.
Quem ama é mensageiro de alegria, porque ela está enraizada em seu coração. Quanto mais profunda é a raiz, maior será a árvore que acolhe a todos em sua sombra.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)