Ver em cada pessoa um irmão

 

Somos filhos de um único Pai, somos parte da única humanidade. Esses dois conceitos, tanto para quem crê como para quem não tem um referencial religioso, são duas verdades que nos fazem ser irmãos e irmãs.
Não posso escolher quem é ou deve ser meu irmão ou irmã. O meu olhar deve ser o mesmo de Deus. Ele vê todos como filhos e para todos faz brilhar o sol e cair a chuva.
Francisco de Assis ia mais longe e chamava de irmão e irmã a todos os elementos da natureza e a todos os seres vivos.
O conceito alargado de fraternidade muda a nossa visão e tem implicação na nossa vida no quotidiano.
Cada pessoa que encontro é um irmão ou irmã e deve ser tratada como tal.
Às vezes, a conduta da pessoa pode até não ser correta, mas isso não nos deve impedir de tratá-la e amá-la da mesma forma. Através do amor recebido, ela pode se transformar em uma nova criatura tocada pelo amor de Deus.
Vejamos cada pessoa com o olhar de Deus: Ele nos vê como irmãos e irmãs, todos filhos seus.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)