Testemunhar concretamente o Evangelho

 

As palavras do Evangelho devem se tornar vida em nossa vida. São verdades que se demonstram na prática evidente do quotidiano e em todas as realidades da vida. Isso não é apenas um elemento ligado à religião, é uma prática que deve traduzir-se em um estilo de vida, em atitudes concretas, e que deve influenciar o nosso agir em todos os ambientes.
Durante a Segunda Grande Guerra, Chiara Lubich dizia às suas primeiras companheiras que deveriam viver de tal modo o Evangelho que, se as bombas destruíssem todos os Evangelhos escritos, deveria ser possível reescrevê-los apenas observando como elas viviam.
Cada palavra do Evangelho causa um efeito em nós. E pouco a pouco, revestidos da Palavra que é o próprio Jesus, devemos chegar ao ponto de poder dizer: “Não sou mais eu que vivo, é Cristo que vive em mim.” (Gl 2,20)

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)