Ser sensível às necessidades de quem passa ao nosso lado

 

A melhor estratégia para desenvolvermos em nós a sensibilidade às necessidades do outro é o “fazer-se um”. Isto é, colocar-se em seu lugar, ver o problema a partir de sua perspectiva. Isso nos leva a fazer pelo outro o que gostaríamos que fosse feito a nós se estivéssemos na mesma situação.
Pouco a pouco nos tornamos mais sensíveis, e ver as necessidades de quem passa ao nosso lado se torna uma coisa habitual.
De fato, quando estamos habituados a ajudar o próximo, alguma vez que não o fazemos, a consciência imediatamente nos acusa. Muitas vezes, ainda em tempo de reparar o erro.
Quando passamos a ver a vida a partir da perspectiva do outro, o mundo à nossa volta se transforma em um lugar mais próximo e mais parecido com o Paraíso, onde o amor mútuo é a única lei.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)