Ser de alívio para quem sofre

 

A maioria dos sofrimentos são aliviados com uma escuta atenta e solidária.
Os sofrimentos mais cruéis são a solidão, o abandono, a incompreensão e a negligência por parte dos familiares.
Muitas pessoas só têm a companhia de sua própria dor.
Estejamos atentos a quem sofre, começando com nossos parentes e amigos. Uma visita, um telefonema, uma lembrança, são mais importantes do que a solução dos seus problemas.
Se participar da alegria de alguém aumenta a sua felicidade, compartilhar a dor de quem sofre lhe traz alívio e coragem para seguir em frente.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)