Animação e vivência na Mariápolis Ginetta marcaram escola nacional para adolescentes dos Focolares

 

A Mariápolis Ginetta acolheu 20 adolescentes, de 10 a 12 anos, do Movimento dos Focolares, provenientes de 10 estados para uma “escola” de formação de sete dias.

A programação da escola foi baseada em três temas: Jesus no irmão, a Palavra e a Eucaristia. A presença cotidiana na missa fez com que muitas declarassem o quanto essa experiência ajudou a crescer na união com Deus.

A vivência na cidadezinha da Mariápolis era parte essencial da escola. Era a oportunidade de viver na prática a lei do amor recíproco 24 horas por dia.

Além de conviver com os habitantes, as meninas visitaram o centro Ginetta, a casa de Ginetta, as casas de algumas famílias da Mariápolis e também conheceram o Projeto Social do Jardim Margarida, onde puderam brincar com as crianças.

“Foi muito especial, elas eram animadíssimas e profundas e a convivência entre elas foi um impulso para entenderem que o mundo unido é possível”, contou Simone, focolarina responsável pela formação das adolescentes do Movimento.


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)