Libertar-se de qualquer apego

 

Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares, comparava a opção que fez de consagrar-se a Deus por toda a vida, ao voo de um pássaro que tinha se libertado de um fio que o mantinha preso à terra. Esse fio fora cortado e finalmente podia voar livre em direção a Deus.
Não é necessário que façamos um voto, mas podemos tomar seu exemplo para que, mesmo que tenhamos tudo, possamos, todavia, amar a todos com um coração livre de apegos.
Desprender-se dos bens materiais, para poder possuí-los para o bem de todos, vencendo assim o egoísmo; desprender-se dos afetos, para não se apoderar das pessoas como uma possessão pessoal; desprender-se das próprias ideias, para saber escutar e valorizar o pensamento do outro; desprender-se da própria vontade, para fazer somente a vontade de Deus.
Cortemos os laços que nos mantêm ligados à terra, sejamos livres de qualquer apego que possa impedir-nos de voar bem alto; de viver um amor que está acima das coisas materiais, acima dos afetos e acima de nós mesmos, mas muito próximo de Deus.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)