Escolher o caminho da concórdia

 

A concórdia, em seu significado mais genuíno, é a união dos corações.
No meu entender, não é a uniformidade de ideias, é o respeito profundo pela ideia do outro, de modo que, apesar das diferenças, podemos estar unidos.
O caminho da concórdia é o mesmo caminho do “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.
O amor mútuo me ensina a viver a perfeita caridade: quando o desapego da minha própria ideia é a superação do “eu” para chegar ao “nós”; quando o outro está em mim e eu no outro; quando a reciprocidade no amor atrai a presença de Jesus entre nós, dando a graça da perfeita unidade.
Escolhendo o caminho da concórdia, entendemos melhor as palavras do Evangelho.
“Digo-vos ainda isto: se dois de vós se unirem sobre a terra para pedir, seja o que for, consegui-lo-ão de meu Pai que está nos céus. Porque onde dois ou três estão reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mt 18,19-20)

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)