A primeira Assembleia dos jovens do Movimento dos Focolares

 

Duzentos jovens de 67 países representando todas as realidades juvenis do Movimento no mundo se reunirão pela primeira vez em Roma: jovens pertencentes a diversas Igrejas, jovens de várias religiões e culturas. Uma assembleia transversal para delinear propostas e perspectivas para os próximos seis anos.

“Há uma sede renovada de radicalismo e autenticidade entre nós, jovens, em resposta aos desafios do mundo de hoje. Percebemos que sozinhos é muito difícil. Podemos fazer uma rede com muitos outros jovens que querem ser promotores de mudanças e podemos fazê-la junto com os adultos.” Essa é a resposta a pergunta sobre onde estão indo os jovens do Movimento dos Focolares dada por Nicholas, 27 anos, italiano, e Amanda, 29 anos, brasileira, dois membros da comissão preparatória da primeira Assembleia mundial dos jovens do Movimento que ocorrerá em Castel Gandolfo, Itália, de 10 a 15 de setembro de 2019. Uma ideia que nasceu em 2017 e foi desenvolvida nesses dois anos por meio de pré-Assembleias dos jovens em várias partes do mundo.

Por que uma Assembleia dos jovens?

Porque sentimos que “nós somos” o Movimento dos Focolares, isso está no nosso coração. Muitos jovens expressaram o desejo de se encontrar e dialogar sobre temas importantes que se referem à nossa geração. Também os adultos sentiam a exigência de saber como nós, jovens, vemos o Movimento, qual é a nossa contribuição específica hoje para nos empenhar sempre mais na direção de um mundo unido. Nós mesmos escolhemos os temas que serão abordados na Assembleia e procuramos métodos envolventes e dinâmicas para que os jovens possam se exprimir livremente e fazer juntos “uma experiência de Deus”.

Quem participará da Assembleia?

Serão 200 jovens representando todos os continentes (67 países): Jovens por um Mundo Unido, empenhados dos Movimentos Paroquial e Diocesano, gens (jovens seminaristas), gen-re (jovens religiosos e consagrados). Ou seja, estarão presentes representantes de todas as expressões juvenis do Movimento dos Focolares, e isso é uma bela novidade dessa Assembleia. É uma colaboração que começou desde a preparação: em novembro de 2018, formou-se uma comissão preparatória de 15 pessoas de diversas realidades dos jovens de várias partes do mundo, a maioria com menos de 30 anos e também havia alguns adultos.

Quais serão os temas abordados na Assembleia?

Um questionário nos pareceu o melhor caminho para recolher os pensamentos e desejos dos jovens do mundo. Como comissão, elaboramos quatro perguntas. Pedimos para que descrevessem dois aspectos que caracterizam a identidade de um jovem do Movimento dos Focolares, indicar dois pontos fortes e duas coisas que gostaríamos de mudar, explicando o porquê e convidamos todos a refletir sobre como dar mais voz aos jovens dentro do Movimento e quais prioridades devemos mirar nos próximos seis anos.

Chegaram 7300 respostas! Recolhemos e preparamos tudo: sentíamos uma grande responsabilidade ao manejar o material recebido! Esse foi o nosso instrumento de trabalho durante as pré-assembleias nas quais cada área do mundo escolheu seus representantes. Aprofundando os temas que surgiram, nasceu um breve istrumentum laboris com perspectivas, orientações e propostas segundo quatro temas que estarão ao centro dos trabalhos da Assembleia Mundial: formação e acompanhamento; sair; identidade do jovem do Movimento dos Focolares; papel e protagonismo dos jovens do Movimento.

E agora… queremos nos deixar surpreender pela nossa assembleia! Certamente haverá um forte novo impulso que nos ajudará a realizar o sonho de Jesus: “Que todos sejam um” (Jo 17,21) para dar a nossa contribuição para a construção de um mundo unido.

Anna Lisa Innocenti

Source: Site Internacional


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)