Dedicar-se ao próximo que está em dificuldade

 

Com cada pessoa que eu encontrar neste dia, devo ter uma atitude de iniciativa. Devo dedicar-me a ela oferecendo o meu serviço, procurando escutá-la, “fazendo-me um” com suas dificuldades. Não apenas acolher com uma atitude passiva, mas ir ao encontro. Estar ao lado de quem se sente só, ser consolo para quem está triste e conforto para quem sofre. Um amigo ou um familiar em dificuldade, um desconhecido desesperado que cruza meu caminho, um refugiado que posso ajudar mesmo de longe, uma criança doente ou em situação de risco. Toda pessoa que de algum modo, estando ao meu lado, tenha uma dificuldade, é alguém a quem devo me dedicar.Disseminar o bem, semear a paz, cultivar o amor e colher frutos de prosperidade espiritual para mim e para os outros.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)