Experimentar a liberdade de quem vive a Palavra

 

Comecemos por refletir sobre o que nos aprisiona, para entender melhor que tipo de liberdade a Palavra nos traz.Os vícios, o apego às coisas materiais, o apego exagerado às pessoas e às próprias ideias. Podemos nos tornar reféns do ódio, da inveja, da soberba e do orgulho, da banalização do erotismo e da violência, etc.Muitas dessas “prisões” podem ser sutis e só nos apercebemos delas quando vemos que nos fazem infelizes.Viver a Palavra de Deus nos faz voltar à verdadeira vida, à liberdade de amar sem fazer distinção entre as pessoas, a sermos os primeiros a amar e a reconhecermos a presença de Deus em cada pessoa.A nossa liberdade começa com o “amar o próximo como a nós mesmos”, com o “amar-nos uns aos outros”. A nossa liberdade é a liberdade do amor puro, livre de apegos e pretensões.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)