Processo de beatificação de Chiara Lubich: concluída a fase diocesana

 

No dia 10 de novembro, se concluirá em Frascati (Itália) a fase diocesana do processo de beatificação da fundadora do Movimento dos Focolares. Prosseguirá no Vaticano, na Congregação para as Causas dos Santos.

A fase diocesana da causa de beatificação e canonização de Chiara Lubich se concluirá na Catedral de São Pedro, em Frascati, às 16h30 do domingo 10 de novembro, com a realização da última sessão do inquérito diocesano presidida por dom Raffaello Martinelli, Bispo de Frascati.

Com o encerramento definitivo desta fase, todos os atos do inquérito, lacrados, serão enviados ao Vaticano, após quase cinco anos de investigações e aprofundamento sobre a vida, as virtudes, a fama de santidade e de sinais de Chiara Lubich.
Com esta passagem, o estudo dos atos prosseguirá na Congregação para as Causas dos Santos.

O procedimento para o início da causa começou em 7 de dezembro de 2013 – cinco anos após a morte de Chiara Lubich – com a apresentação por parte do Movimento dos Focolares, do pedido oficial ao bispo de Frascati. No dia 27 de janeiro de 2015, dom Martinelli respondeu ao pedido abrindo solenemente a causa.

Naquela ocasião, o Papa Francisco manifestou a sua presença através de uma mensagem na qual recordava o luminoso exemplo de vida da fundadora do Movimento dos Focolares a todos os que «conservam a sua preciosa herança espiritual». Além disso, exortou «para que se faça conhecer ao povo de Deus a vida e as obras daquela que, acolhendo o convite do Senhor, acendeu para a Igreja uma nova luz no caminho em direção à unidade».

Departamento de Comunicações do Movimento dos Focolares


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)