Deixar que os irmãos nos ajudem

 

Não só devemos deixar que o irmão nos ajude, mas, na vida de comunhão, devemos saber a hora de pedir ajuda e colocar em comum com os irmãos as nossas necessidades. Essa ajuda pode ser uma orientação, uma preocupação partilhada, uma assistência espiritual, ou mesmo uma ajuda material.
Isso requer muita humildade. Eliminemos de nossa vida as palavras arrogância e autossuficiência. Um cristão deve ser protagonista, empreendedor, deve ter iniciativa, criatividade. Porém, na base de suas ações, está a humildade.
Deixar que o irmão nos ajude é fazer juntos, é ação em grupo, é ser comunidade.
Deixar que o irmão nos ajude é querer ir mais longe, é poder alcançar a meta, é viver o amor ao irmão também de maneira inversa, isto é, deixando-se ajudar na necessidade.
É enfim, viver o amor mútuo em todas as suas nuances.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)