Focolare chega em Óbidos, coração da Amazônia

 

O Focolare chegou no coração da amazônia brasileira, em Óbidos, cidade às margens do Rio Amazonas.

No dia 14 de março, Dom Bernardo Bahlmann, OFM, bispo local, celebrou a missa e abençoou a casa onde agora moram três focolarinos, o focolare.

Participaram mais de 70 pessoas: famílias com as crianças, sacerdotes e seminaristas, religiosas de quatro congregações e os freis franciscanos na Providência de Deus, cuja missão é desenvolvida no Barco Hospital Papa Francisco.

Antes da missa, na saudação de boas-vindas, destacou-se que a inauguração do Focolare em Óbidos se insere na programação das celebrações do centenário do nascimento de Chiara (1920-2020).

Durante a homilia Dom Bernardo evidenciou alguns fatos da vida de Chiara e a sua fidelidade quando compreendeu que Deus a confiava um carisma, do qual nasceu um focolare.

E continuou: “E o focolare chegou aqui em Óbidos, vieram três focolarinos. Vieram aqui e isso pode parecer uma loucura porque Hildebrando deixou Londres, está aqui desde 2015. Foi ordenado sacerdote em 2018. Depois veio o Eustáquio, que estava em Alepo, e agora chegou o Edson, que esteve na Oceania. E estão aqui para manter vivo, aceso o fogo, a presença de Jesus entre eles e difundir este amor em toda a Amazônia. Este é o nosso objetivo.”

Dom Bernardo falou sobre o significado do Ideal da Unidade na sua vida, especialmente sobre os frutos da Palavra de Vida, também no que diz respeito à sua vocação. Citou as obras nascidas do carisma da unidade e concluiu: “Chiara veio também para ajudar-nos na renovação das famílias religiosas, ajudar-nos a compreender qual é, realmente, o carisma de cada congregação, ajudar-nos a compreender a nossa vocação no mundo de hoje. Nós acreditamos que o carisma de Chiara se tornará sempre mais forte. Temos ainda muito a fazer e devemos trabalhar neste sentido. Conto com todos vocês e assim poderemos viver como Chiara nos ensinou.

Maria Voce, atual presidente dos Focolares, escreveu aos focolarinos em Óbidos: Esta notícia me alegra! Este focolare representa uma especial presença da Obra (Movimento dos Focolares) na Amazônia, justamente neste período no qual o Papa Francisco exorta a todos a olhar a vossa terra com um amor particular. (25.2.2020)

Respondendo a uma carta que os focolarinos e Dom Bernardo a escreveram, ela sugeriu um nome para o focolare: “Fonte de alegria.” E acrescentou: “Este nome vos lembrará a predileção de Jesus, da Igreja e da Obra (Focolares) pela vossa terra. Demonstração disto é, também, a bênção do bispo que vos acompanha estando muito próximo.” (13.3.2020).


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)