Viver a própria fé com coerência

 

As minhas palavras devem espelhar a minha vida, isto é, deve haver coerência entre o falar e o ser.
Ser coerente é professar a própria fé com a vida: cada gesto, cada decisão, deve estar em conformidade com aquilo em que creio.
Quando existe coerência, o testemunho é verdadeiro.
Não sou perfeito, mas o meu esforço em busca da verdade pode ser notado; a minha postura diante de qualquer situação será sempre a mesma, sempre ao lado da justiça e a favor da paz.
Não são apenas os sinais externos, isto é, uma fé explicitada em símbolos, que demonstram a minha coerência, mas é acima de tudo o meu agir.
Quando o amor ao próximo é a norma de minha vida, quando o amor mútuo é a norma dos meus relacionamentos, estou vivendo a minha própria fé com coerência.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)