O amor mútuo requer humildade

 

Fazer um gesto de amor a outra pessoa requer muita humildade.
Se não houver humildade, corre-se o risco de querer apoderar-se afetivamente do outro, exigindo reciprocidade pelo amor oferecido.
A pureza de coração, o desapego do bem que se faz, revela a presença de Deus no irmão. É a Ele que ofereço humildemente o meu amor.
Amar com humildade é ter essa pureza de coração: entender que ter caridade é servir e doar-se.
O amor mútuo traz seus frutos e, se quero viver a humildade, não devo apoderar-me das consequências desse amor.
O desapego de todo o amor praticado é a certeza de que todas as obras por mim realizadas são obras de Deus.
Quem vive o amor mútuo está sempre pronto a dar a própria vida. E dar a vida é um ato de extrema humildade.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)