Estar atento às necessidades do outro

 

O ser humano é essencialmente solidário. Basta ver as campanhas feitas após catástrofes naturais, acidentes graves ou epidemias, como essa do coronavírus. Forma-se logo uma rede mundial de doações, ajudas, orações.
O mesmo deve acontecer no plano pessoal. Devemos ser sensíveis à dor do outro. Estar atentos às suas necessidades, olhar ao nosso redor.
Às vezes, dentro de nossa própria casa existe alguém que está sofrendo só e em silêncio.
Se fizermos um pacto com Jesus crucificado e abandonado, saberemos reconhecer a sua presença e o seu semblante de dor em cada irmão que sofre.
Se o nosso amor tiver a medida do sofrimento do outro, os nossos relacionamentos se tornarão mais sólidos e mais verdadeiros.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)