Deixar que a justiça e a verdade nos guiem sempre

 

O amor encontra sempre o modo de corrigir sem ferir e de ser justo.
Quem ama não peca por omitir a verdade, pois o seu falar é “sim sim” e “não não”.
Nada é mais libertador do que a verdade dita por amor. É impagável o preço de uma consciência reta que não se compromete com o erro, assim como é inestimável o valor de um ato de amor praticado na verdade e na justiça.
A justiça anda lado a lado com a verdade e ambas nascem do amor.
A justiça, para ser completa, deve conter o perdão, a reconciliação e a recomposição da harmonia.
A justiça e a verdade, quando praticadas, nos tornam mais humanos e mais conformes à nossa semelhança com Deus.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)