Acreditar no poder da oração

 

Isaac, o sírio, monge do século VII, dizia que a fé é a asa da oração e que sem ela a oração retorna para nós.
A oração pode ser um momento de exclusividade para o diálogo com Deus, mas pode ser também todo o nosso dia, convertendo as nossas atividades em conversa ininterrupta com Ele.
Pode ser um louvor, uma meditação, uma invocação, a leitura da Palavra, uma celebração, uma súplica, uma intercessão; pode ser oração vocal ou silenciosa, pode ser a oração do coração.
O pai-nosso é a oração mais completa e também a mais ousada que existe. Só Jesus, com a sua autoridade de Filho de Deus, poderia nos ensiná-la. É essencialmente comunitária, mesmo quando a rezamos sozinhos.
Teria muito o que se dizer sobre a oração, mas elevemos nosso pensamento a Deus, para que ali permaneça durante todo o dia, como um filtro que elimina as superficialidades e nos faz dar um mergulho na profundeza de Deus no mais íntimo do nosso ser.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)