Tomar sobre si o sofrimento do próximo

 

Podemos ir ao encontro do próximo reconhecendo nele o semblante de Jesus que sofre. Podemos agir como Simão, o Cireneu, que ajudou-o a levar a cruz até o Calvário, tomando sobre si o sofrimento do próprio Cristo.
Ajudar o próximo a carregar sua cruz é o ápice da solidariedade, é o superlativo da caridade. É o mesmo que dar a vida em favor dos amigos. E não há amor maior que esse. (Cf. Jo 15,13)
Não quero chegar sozinho diante de Deus. Quero chegar na companhia de muitos irmãos a quem ajudei a carregar a própria cruz. Quero chegar junto com irmãos que me ajudaram a carregar a minha cruz.
Chegar juntos, com o coração pleno de gratidão, e dizer a Jesus: Obrigado por nos ensinar a dar a vida uns pelos outros.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)