Uniformar a nossa vontade à vontade de Deus

 

Quando cada gesto ou palavra, cada pensamento ou intenção, são expressões de um amor puro e genuíno, podemos estar certos de que a nossa vontade está uniforme com a vontade de Deus.
Amor puro que nada espera em troca, que não é apenas demonstração de afeto, mas doação de si.
Amor genuíno que não tem uma origem meramente humana, mas uma motivação sublime que nasce do desejo de amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.
A mortificação de nossa vontade, à primeira vista, pode parecer uma privação, mas quando unida à vontade divina, torna-se fonte de entusiasmo, de ânimo novo e de felicidade plena.
Além disso, podemos nos tornar irmãos e irmãs de Jesus, pois fazendo nós a vontade de Deus, Ele nos trata realmente como filhos. E também mães de Jesus, porque o faremos nascer nos nossos corações e no coração de cada pessoa ao nosso lado.

Apolonio Carvalho Nascimento


Compartilhe no

Facebook WhatsApp

Regolamento (500)