Amar-se com sinceridade

“Louvado sejas, meu Senhor, por aqueles que perdoam por teu amor.” (Francisco de Assis)
Francisco foi uma pessoa coerente. Amou a natureza, todas as criaturas, mas sobretudo o ser humano.
Devemos nos amar com sinceridade, motivados pelo amor a Deus.
Não podemos fingir que nos amamos fazendo somente o que agrada ao outro. Devemos nos amar na verdade […]

[Leia mais]

Confiar plenamente no amor de Deus

Uma criança sente-se totalmente protegida e segura quando está nos braços do pai ou da mãe. Quando se sente ameaçada, corre em direção aos pais, pois sabe que ali encontra proteção. Sente-se amada e protegida.
Confiar no amor de Deus, como uma criança confia no amor de seus pais. É o que Jesus nos pede quando […]

[Leia mais]

Amar com coração de mãe

Quando falamos de amor incondicional, o primeiro exemplo que nos vem à mente é o amor de uma mãe por seu filho.
Devemos desenvolver dentro de nós esse amor que é reflexo do amor de Deus para cada um de nós, o amor imenso de um Pai criador.
Devemos olhar para cada pessoa com esse coração materno […]

[Leia mais]

Crescer na confiança recíproca

Para que o amor se torne mútuo, não basta que o outro me ame, é necessário que eu acredite em seu amor e ele acredite no meu. É necessário que haja confiança recíproca.
Quando Jesus prometeu estar entre nós, disse: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estou alí, no meio deles” (Mt […]

[Leia mais]

Deixar que o amor de Deus nos ilumine

Quando agimos motivados pelo amor, temos uma luz especial.
Isso se explica porque o amor só quer o bem do outro e o verdadeiro bem vem de Deus. É como um farol que ilumina a mente e nos faz ver com os olhos da alma.
Vemos o que outros não veem, sabemos coisas que a razão não […]

[Leia mais]

No amor, não barganhar

Devemos amar sem a mínima pretensão.
O amor puro não tem nenhum tipo de interesse pessoal em seu agir. Sua motivação é apenas o desejo de servir sem esperar nada em troca.
Se houver a pretensão de um reconhecimento, de um agradecimento, já não é puro, pois o amor deve ser completamente gratuito.
“Bem-aventurados os puros de coração, […]

[Leia mais]

Manter vivo o amor entre nós

Amor se nutre de amor.
Para manter viva a chama do amor mútuo entre nós, devemos viver duas regras básicas, ambas inspiradas no Evangelho.
A primeira é a “regra de ouro”, que está também nos livros sagrados de outras religiões: Fazer aos outros o que gostaríamos que fizessem a nós.
A segunda é a Arte de Amar, assim […]

[Leia mais]

O amor nos torna corajosos

Não devemos subestimar a nossa capacidade de amar.
O amor surpreende tanto quem ama quanto quem é amado. Supera o desânimo quando já se perdeu o encanto dos primeiros dias, recupera as forças de quem se sente abatido pelas dificuldades, reergue e dá coragem a quem caiu nas armadilhas de suas próprias fraquezas, vai além das […]

[Leia mais]

Não perder a esperança

A autoconfiança pode ser fruto da vivência do amor, do recomeçar sempre e da aceitação dos próprios limites.
A esperança é a consciência de que nunca estamos sós. O nosso caminho é um caminho a dois, Deus é nosso companheiro de viagem.
Se entregarmos em suas mãos todos os nossos sonhos e anseios, não perderemos nunca a […]

[Leia mais]

Amar sem pôr condições

Nós somos mestres em acolher com condições. Colocamos sempre um “se” antes de dar uma permissão ou de aceitar uma proposta ou situação.
Se aceitar minha ideia, se estiver submisso às minhas ordens, se reconhecer que tenho razão, se me pedir perdão, e assim por diante.
Nada disso é amor, porque o amor é incondicional. Quem ama […]

[Leia mais]
12345...»