Testemunhar concretamente o Evangelho

As palavras do Evangelho devem se tornar vida em nossa vida. São verdades que se demonstram na prática evidente do quotidiano e em todas as realidades da vida. Isso não é apenas um elemento ligado à religião, é uma prática que deve traduzir-se em um estilo de vida, em atitudes concretas, e que deve influenciar […]

[Leia mais]

Ser paciente

Virtude difícil de adquirir e tão fácil de perder…
Quando a perdemos faltamos com a caridade e perdemos a paz. E é uma grande perda, pois nunca a perdemos sozinha, vai-se com ela a clareza dos fatos e a lucidez da razão.
Se a caridade é a mãe de todas as virtudes, a paciência é a sustentação […]

[Leia mais]

Olhar para cada próximo como um filho de Deus

Em casa, no trabalho, no bairro, em todos os lugares onde vivemos devemos ser portadores do espírito de fraternidade. A verdadeira fraternidade é aquela que advém do fato de sermos filhos do mesmo Pai. Nós somos todos filhos de Deus, e como tais devemos nos olhar uns aos outros.
Podemos usar uma linguagem adequada em cada […]

[Leia mais]

Ter misericórdia

O nosso amor misericordioso, para assemelhar-se um pouco ao de Deus, deve ser maior que o nosso pecado, mais forte que a fraqueza do outro e superior à justiça humana.
A misericórdia é tão importante, que Deus a prefere aos sacrifícios. Perdoando-nos mutuamente crescemos espiritualmente e chegamos cada dia mais próximos a Ele.
Em vários momentos no […]

[Leia mais]

Dar preferência aos excluídos e rejeitados

Existem muitas situações de exclusão e rejeição na sociedade. Basta criar regras com pré-requisitos de participação em qualquer tipo de instituição, que algumas pessoas serão automaticamente excluídas e rejeitadas.
Se não estivermos atentos, agiremos da mesma forma.
Às vezes, sem perceber, criamos em nossa mente processos seletivos para as nossas amizades ou em nossas relações de trabalho, […]

[Leia mais]

Ter um coração de mãe

O amor tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (Cf. 1Cor 13,7)
Esse é o amor de uma mãe. E muito mais.
Devemos ter um amor incondicional: devemos amar a todos.
Um amor que está sempre pronto a doar-se sem medidas. Dar a própria vida é a medida máxima do amor. Não apenas morrer pelo outro se […]

[Leia mais]

Aconselhar quem está em dúvida

O princípio do bem deve nortear as nossas decisões e a avaliação dos meios a serem utilizados para concretizá-las.
A prudência é uma virtude que pode nos auxiliar, mas não é suficiente para quem se propõe a escutar a voz de Deus dentro de si.
Necessitamos da ajuda do Espírito Santo com o dom do Conselho.
Recebemos os […]

[Leia mais]

Encher o nosso coração de misericórdia

Nós devemos deixar, para quem nos ofendeu, a possibilidade de um regresso; devemos dar uma segunda chance. Da mesma maneira como Deus faz com cada um de nós. Para isso, é necessário encher o nosso coração de misericórdia.
A fonte de misericórdia infinita é o coração do próprio Jesus. É Nele que devemos buscá-la. É Dele […]

[Leia mais]

Cuidar dos outros

Cuidar dos outros é ter disponibilidade para escutar, ajudar, instruir, consolar, entender, cuidar, alimentar, vestir, visitar, hospedar, acolher, perdoar. Todos os verbos que signifiquem serviço e doação de si.
Estar disponível exige tempo, mas o tempo é nosso e podemos usá-lo para fazer o bem. Além do mais, ter tempo é uma questão de prioridade e […]

[Leia mais]

Ajudemo-nos a recomeçar

Recomeçar é necessário. É assim que se chega o mais perto possível da perfeição; é como percorrer o mesmo caminho com mais experiência e maturidade; é procurar novas estradas deixando os fracassos para trás.
Recomeçar é responsabilidade de cada um. Não que deva fazer as coisas sozinho; mas que deve tomar a decisão de tentar mais […]

[Leia mais]
12345...»