Deixar como dádiva a paz

Partir do individual e chegar ao coletivo, isto é, ter atitudes pacíficas no próprio agir e trabalhar para que essa nova mentalidade de paz seja assimilada por mais pessoas.
Procurar intermediar as relações conflituosas colocando-se como um elo de amor entre as pessoas; não tomar partido segundo as emoções, mas permanecer do lado da verdade e […]

[Leia mais]

Responder às ofensas com amor

Responder com amor às provocações é um ato de coragem e de inteligência, porque o bem conspira a favor de quem ama, a paz reside em um coração amigável e a felicidade não se afasta de quem sabe perdoar.
Distribuir amor em meio a ofensas é não perder o rumo certo e ser luz para quem […]

[Leia mais]

Fazer com que o outro experimente a ternura de Deus

Quando agimos motivados por um bom sentimento meramente humano, o outro sente o nosso afeto. Mas quando agimos movidos pelo amor divino, reconhecendo a presença de Deus em cada pessoa, o outro sente, além da nossa afeição, a ternura de Deus de modo pessoal e exclusivo.
Deus demonstra a sua ternura de várias maneiras: através de […]

[Leia mais]

Aceitar o amor do outro com humildade

O amor do outro nos chega através de uma gentileza, de uma lembrança, de um gesto simples de serviço. Mas pode ser também uma ajuda em momentos difíceis, um conselho ou mesmo uma crítica.
Aceitar o amor do outro requer humildade da mesma maneira que esta é necessária quando doamos amor.
O amor leva à comunhão. E […]

[Leia mais]

Estar próximo de cada irmão

Estar próximo a alguém é muito mais do que apenas encorajar. É sentir como próprios os sentimentos do outro, as suas angústias, as suas dores, assim como os seus sucessos e vitórias.
É tornar-se presente de alguma maneira: fazer-lhe uma visita, enviar uma mensagem, telefonar, demonstrar interesse por tudo que lhe acontece, com o desejo sincero […]

[Leia mais]

Reavivar o propósito de amar

Todos os dias, a cada momento, tenho de refazer o propósito de amar. Basta uma pequena falta de paciência com os limites do outro, para me distanciar do propósito feito de amar sempre.
É importante reavivá-lo dentro do coração, assumindo o compromisso comigo mesmo e com Deus, porque sem a sua ajuda não consigo ser fiel […]

[Leia mais]

Ser paciente diante das incompreensões

Entre a caridade e a virtude há um laço indissolúvel: a virtude mantém a caridade em seu vértice, a caridade está no alicerce de todas as virtudes. Na verdade, caridade e virtude são inseparáveis.
Uma das virtudes que mais se distingue é a paciência, principalmente diante de incompreensões, de perseguições; diante das diferenças que existem entre […]

[Leia mais]

Mostrar a beleza da fraternidade

“Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” (Jo 13,35)
A fraternidade verdadeira não é aquela que nos une em favor de uma ação, de um projeto ou de um ideal meramente humano. A fraternidade é fruto do amor mútuo.
Ela começa por mim. Começa quando amo o próximo como a mim […]

[Leia mais]

Preferir, entre todos, os mais desfavorecidos

Deus nos ama gratuitamente e gratuitamente devemos amar, nós também. Por isso, devemos preferir aqueles que em nada podem nos retribuir, os mais desfavorecidos.
Defendê-los das injustiças ou ajudá-los nas situações difíceis.
Mais desfavorecidos nem sempre significa mais pobres. Pode ser alguém que está na ignorância ou não tem acesso aos seus direitos; pode ser alguém que […]

[Leia mais]

Amar sem fazer distinções

Reconhecer a presença de Jesus em cada pessoa que eu encontrar neste dia.
Assumir esse compromisso me leva a não perder nenhuma ocasião para amar. Qualquer irmão: de qualquer aparência, idade, raça, cor, nível social, rico, pobre. Nada pode ser um impedimento para que eu viva o amor ao próximo.
Não importa se o outro é ou […]

[Leia mais]
12345...»